Bienal do Livro em SP – eu fui!

O primeiro fim de semana da Bienal do Livro, em São Paulo, já acabou. Mas ainda dá tempo de ir – e olha, vale a pena! O evento vai até o dia 4 de setembro, próximo domingo, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, zona norte da cidade. Você encontra ingressos aqui.

Eu estive lá hoje. Cheguei logo que os portões abriram, às 10h, então foi fácil estacionar e não tinha fila pra entrar (até porque eu comprei o ingresso pela internet e estava com ele em mãos). Como eu estava com um casal de amigos que mora em São Paulo, fomos de carro e não tive problemas com localização. Mas se você não é da cidade e depende de transporte público, uma dica valiosa: há ônibus de graça fazendo o trajeto entre a estação Portuguesa-Tietê e o Anhembi todos os dias da semana. Aos finais de semana, também tem ônibus fazendo o trajeto entre o Anhembi e a estação Barra Funda.

Quando você passa da catraca, mal sabe por onde começar… são centenas de stands! Nós optamos por pegar um mapinha com a localização das editoras e ir primeiro nas que mais queríamos, aproveitando que estava cedo e relativamente vazio. Nosso roteiro inicial foi: Intrínseca, Rocco, Companhia das Letras e Panini (porque os meninos queriam ver os quadrinhos).

Pausa para falar da Rocco!

Que decoração maravilhosa!!! Se você, como eu, é fã de Harry Potter, não deixe de passar por lá.

ROCCO

Além disso, tem um cenário que representa a estação de King’s Cross e, obviamente, a plataforma 9 3/4! Você pode colocar o cachecol com as cores da Grifinória ou da Sonserina, pegar uma varinha e tirar uma foto segurando o carrinho cheio de malas – e uma coruja! – prestes a atravessar a coluna! Como fizemos isso logo que chegamos, não ficamos nem 5 minutos na fila das fotos!

Voltando…

Seguimos nosso caminho por outras editoras, até mesmo pelas menores, e pelas atrações. Só não paramos pra pegar autógrafo de ninguém, mas vimos muitos autores por lá, como Ziraldo, Clarice Freire, Paula Pimenta, André Vianco… Se você é super fã, é a chance de conhecer alguns dos seus autores preferidos, pegar um autógrafo e ainda tirar uma foto. A programação envolvendo youtubers também está recheada!

Como eu disse nesse post, a Bienal não é a 25 de março dos livros… não é um grande sebo de livros novos onde você encontra tudo a preço de banana. O grande objetivo do evento é reunir editoras e livrarias do Brasil todo para apresentar os maiores lançamentos, e oferecer uma programação cultural extensa. Portanto, como das outras vezes, eu não saí de lá cheia de sacolas. Eu, particularmente, aproveitei mais a Companhia das Letras (queria levar tudo!). Felizmente, encontrei Cova 312, da Daniela Arbex, que eu queria muito, em outra editora. Esse foi meu saldo:

saldo

Dias Perfeitos – Raphael Montes – Companhia das Letras: R$29,90
Por Lugares Incríveis – Jennifer Niven – Companhia das Letras: R$ 21,90
Coroa Cruel – Victoria Aveyard – Editora Seguinte: R$21,90
Cova 312 – Daniela Arbex – Editora Savoy: R$40,00

Me encantei por um espaço em especial, o da Literatura de Cordel e Repente, uma clara valorização da cultura nordestina. Estava lindo de ver. Até comprei a história da Pequena Sereia em cordel, por apenas 5 reais!

cordelHavia uma tradição

Nos costumes do reinado:

Toda sereia mocinha

Depois de um tempo passado

Poderia emergir

E ver o céu estrelado.

 

 

 

E você sabe o que é repente? É um improviso cantado… eu gravei um pedacinho na Bienal! Vejam:

E, pra terminar, vocês estão cansados de saber que eu sou a louca dos marca páginas, certo?! Então peguei alguns para aumentar a minha coleção!

marca paginas

Espero que vocês, amigos leitores, também tenham a oportunidade de curtir a Bienal do Livro. Mais do que comprar livros, é um lugar para respirar cultura! E se quiserem me trazer um marca página, estamos aí… rs

Este slideshow necessita de JavaScript.

Taurina, jornalista, casada com o Xu e mãe de um poodle preto chamado Bruce (Wayne). Poderia viver eternamente de doces e livros.

2 Comment

  1. Adorei o post! E mais ainda na parte do casal de amigos de SP 🙂

    1. Tem até uma foto nossa, você viu?! rs Obrigada pela companhia e pela recepção mara! 🙂

Deixe uma resposta