Bienal do Livro em SP – Quem vai?

A 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo acontece este ano de 26 de agosto a 4 de setembro. Mas os ingressos já começaram a ser vendidos. Quem comprar até a próxima sexta-feira (13 de maio), consegue 50% de desconto.

O ingresso para quem for de segunda a quinta custa 20 reais. De sexta a domingo é R$25. Então se comprar essa semana você paga R$10 ou R$12,50. Você não precisa comprar pra uma data específica, mas vale pra um dia só. Existe também a opção de meia entrada para estudantes. Além disso, menores de 12 anos e maiores de 60 não pagam.

O evento acontece no Pavilhão de Exposições do Anhembi, que já está ficando pequeno pra tantos leitores. Na primeira vez que eu fui, em 2010, passei o dia todo lá e consegui visitar todos os stands que queria. Na segunda vez, em 2012, já foi bem mais conturbado. Estava muito cheio, era um sofrimento para atravessar os corredores e em alguns stands a entrada era limitada e você tinha que esperar numa fila até alguém decidir sair lá de dentro.

O evento só cresce. Eu não pude ir na última edição, em 2014, mas li muitos comentários na fanpage da Bienal sobre a lotação e as filas enormes pra comprar ingresso e pra entrar. Esse é um dos motivos da venda de entradas antecipadas, uma tentativa de diminuir as filas. Além disso, a organização tem prometido botar mais ordem no evento deste ano… veremos!

BIENAL
Com Harry Potter na Bienal de 2012! Quem estava com mais cara de cansado?
Dicas:
  • Se você puder, minha dica é ir durante a semana, que o movimento é beeem menor e você consegue ver e comprar com muito mais calma.
  • Se você quer participar dos encontros com autores e/ou youtubers (que estarão lá esse ano), chegue muito cedo e se prepare para horas de espera. Geralmente acontecem numa sala fechada dentro do Pavilhão e as entradas são limitadas. Eu me lembro que em 2010 queria participar de uma palestra com o Caco Barcellos que começaria, sei lá, umas 14h. Cheguei 12h e pouco, já tinham distribuído senhas e não dava mais pra entrar. Isso em 2010, quando nem ficava tããão lotado assim… A sala era de vidro e tentei ver do lado de fora, mas não dava pra ouvir. Frustrante!
  • Se você acha que a Bienal é como um grande sebo de livros novos, tudo em promoção e muito barato, esqueça! É claro que você encontra livros mais em conta, mas eu diria que exige muita pesquisa. O grande objetivo da Bienal é reunir editoras e livrarias do Brasil todo para apresentar os maiores lançamentos. Além, é claro, de promover uma programação cultural bem bacana. Lembre-se: a Bienal não é a 25 de março dos livros e você não vai sair cheio de sacolas de lá – a não ser que tenha muito dinheiro!
  • Brindes! Sempre tem nos stands, é legal ficar de olho! Já saí de lá com poucos livros, mas muitos marca páginas legais, botons, sacolas personalizadas, amostras de livros etc.
Programação:

A programação completa ainda não saiu. Mas já estão confirmadas as presenças dos autores internacionais:

  • Lucinda Riley – escritora irlandesa, autora do best-seller A Casa das Orquídeas. Ela já participou da Bienal, em 2012.
  • Jennifer Niven – americana e autora de Por Lugares Incríveis (que deve chegar aos cinemas em 2017 com Elle Fanning no papel principal)
  • Amy Ewing – autora americana da trilogia ‘A cidade solitária’. O primeiro livro da série, A Joia, é o único lançado no Brasil, por enquanto.
  • Tarryn Fisher – escitora americana. Autora da trilogia ‘Amor e Mentiras’. O primeiro livro A Oportunista já foi lançado no Brasil. Os outros dois, ‘A perversa’ e ‘O impostor’ devem chegar ao país no segundo semestre deste ano (então pode ser que estejam na Bienal!)
  • Kevin Hearne – autor americano que escreveu O Herdeiro de Jedi, parte do cânone oficial de Star Wars.

Além dos youtubers brasileiros: RezendeEvil, Maju Trindade e Lucas Rangel.

Eu já comprei meu ingresso, mas sei que vou enfrentar lotação porque só posso ir no fim de semana… Quem mais vai?

Taurina, jornalista, casada com o Xu e mãe de um poodle preto chamado Bruce (Wayne). Poderia viver eternamente de doces e livros.

Deixe uma resposta