Caixa de pássaros vai virar filme!

O livro de estreia do autor Josh Malerman, Caixa de pássaros, finalmente vai virar filme! Os direitos cinematográficos da obra foram comprados pela Netflix e o longa contará com ninguém menos do que Sandra Bullock no elenco! É pra morrer de amores!

A escolha da atriz para o elenco também foi comemorada pelo autor do livro na última semana. Ele publicou no Facebook um link para o texto do portal Hollywoord Reporter com a novidade e disse:

(…) adormeci às 6 da manhã e quando acordei descobri que essa notícia tinha se tornado pública. Eu tenho tanto a dizer sobre isso, começando com o quando estou entusiasmado com Sandra Bullock e Susanne Bier. Mas por enquanto, aqui, leia este doce anúncio.

Susanne Bier, uma cineasta dinamarquesa, será a diretora do filme. Já o roteiro será adaptado por Eric Heisserer, do aclamado A chegada. As gravações devem começar em setembro, em Los Angeles.

O livro Caixa de pássaros conta a história de um surto inexplicável que deixou poucos sobreviventes, entre eles Malorie e os dois filhos pequenos. Ninguém sabe exatamente o que causa essa espécie de epidemia, mas, aparentemente, ao ver alguma coisa, as pessoas tiram a própria vida de forma brutal. Malorie sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas para isso, terá que encarar o mundo fora da casa em que está trancada, sem abrir os olhos.

Leia a resenha do Além da Capa sobre o livro: Caixa de pássaros – Josh Malerman

Quando eu digo “inexplicável” é no sentido literal da palavra! O início e o desenvolvimento do livro me cativaram de uma forma impressionante e eu devorei a história em horas, mas o final, na minha opinião, ficou devendo explicações. Quem sabe o filme não nos explica melhor o que desencadeou tudo isso? De qualquer modo, vale a leitura!

Novo livro

Neste mês, chegou ao Brasil o segundo livro do autor Josh Malerman (que eu e o Bruno Freitas já vimos nas livrarias da vida): Piano vermelho.

De acordo com a editora Intrínseca, a obra conta a história dos Danes, ex-ícones da cena musical de Detroit, que estão mergulhados no ostracismo. Sem emplacar nenhum novo hit, eles trabalham trancados em estúdio produzindo outras bandas e enchendo a cara.

Essa rotina é interrompida pela visita de um funcionário misterioso do governo dos Estados Unidos, com um convite mais misterioso ainda: uma viagem a um deserto na África para investigar a origem de um som desconhecido que carrega em suas ondas um enorme poder. Liderados pelo pianista Philip Tonka, os Danes partem em uma jornada pelas entranhas mortais do deserto. A viagem, assustadora e cheia de enigmas, leva Tonka para o centro de uma conspiração.

Seis meses depois, em um hospital, a enfermeira Ellen cuida de um paciente que se recupera de um acidente quase fatal. Sobreviver depois de tantas lesões parecia impossível, mas o homem resistiu. As circunstâncias do ocorrido ainda não foram esclarecidas e o organismo dele está se curando em uma velocidade inexplicável. O paciente é Philip Tonka, e os meses que o separam do deserto e tudo o que lá aconteceu de nada serviram para dissipar seu medo e sua agonia. Onde foram parar seus companheiros? O que é verdade e o que é mentira? Ele precisa escapar para descobrir.

Parece assustador, não é?! Eu estou ansiosa para dar uma segunda chance ao autor, só espero que, dessa vez, ele me dê todas as respostas! E vocês, o que acharam da novidade?

Taurina, jornalista, casada com o Xu e mãe de um poodle preto chamado Bruce (Wayne). Poderia viver eternamente de doces e livros.

Deixe uma resposta