Contagem dos inocentes – Fernando Bins

O gênero literário romance policial é um dos meus preferidos! Assim, para tentar – já que nem sempre é possível – acompanhar todas as novidades que são divulgadas diariamente sobre esse universo, eu participo de grupos e sigo alguns perfis nas redes sociais que se destinam a divulgar as obras que fazem parte desse estilo. Afinal, é sempre bom saber das novidades e, principalmente, conhecer novos livros e autores.

Foi em um desses grupos do Facebook que vi, pela primeira vez, o livro Contagem dos inocentes. Recordo que, na época (já faz um tempo que eu comprei o meu exemplar), eu havia gostado do título, da capa – que por sinal é muito chamativa – e da sinopse da história. Então, após pensar por alguns poucos minutos se eu o compraria ou não, entrei em contato “via Face” com o autor, Fernando Bins, acertei a compra e poucos dias depois o livro estava em minha casa… E o melhor de tudo: autografado!

Aqui, abro um parêntese para dizer que sempre busco por novos autores – independentemente do gênero –, principalmente, os nacionais. Acho de extrema importância conhecer, apoiar, ler e divulgar os bons escritores brasileiros. Sem contar que é sempre muitooooo bom trocar ideia com o autor de um livro que você acabou de ler. Fecha parêntese!

Para quem ainda não conhece a obra, Contagem dos inocentes apresenta ao leitor uma série de assassinatos que acontecem em Caixas do Sul, cidade do Rio Grande do Sul, no ano de 2012. Devido a esses fatídicos acontecimentos que acabam por colocar em risco a segurança dos moradores daquele município, um grupo formado pelo jovem e atormentado gênio Érik Robbins, por Flávio Cunha, um detetive aposentado, e por Brenda Menegado, uma médica legista, se une para desvendar o mistério, evitando que mais mortes possam acontecer. Porém, o que eles não esperavam é que chegar ao criminoso não seria uma tarefa tão fácil assim.

Contagem dos inocentes é dividido em capítulos e em subcapítulos, o que contribui para que a leitura fique mais dinâmica e de fácil compreensão! Nas páginas iniciais, o livro segue com duas histórias paralelas – tipo núcleo de novela –, que no final acabam por se intercalar.

O interessante no drama é a maneira como Fernando constrói os traços da personalidade dos personagens, usando de conhecimentos teóricos da Psicologia, área de formação do autor.

O livro é um prato cheio para quem gosta de romances policiais e traz ao leitor elementos que aguçam sua imaginação, motivando-o a querer saber o que irá acontecer na página seguinte. Como todo bom romance policial, o livro apresenta fatos que podem parecer superficiais ou até mesmo desnecessários, mas que fazem toda a diferença quando o mistério é finalmente revelado.

O ponto alto da história é a conclusão do caso, em que mais uma vez Fernando usa da Psicologia para explicar os motivos que levaram o criminoso a cometer os crimes.

De uma maneira geral, eu gostei do livro e o recomendo! Contagem dos inocentes é uma excelente indicação para quem ainda está dando os primeiros passos no mundo da leitura e quer, logo de cara, se apaixonar pelos romances policiais.

Lançado em 2012 com o apoio do Fundo de Investimento Pró-Cultura (Financiarte) da cidade de Caxias do Sul, esse é o primeiro livro escrito por Fernando Bins. Mas ele não parou por aí e, anos depois, em 2015, o escritor lançou seu segundo romance policial: Os olhos do condenado. Eu ainda não li o livro, mas já adianto que em breve também farei uma resenha desta obra.

Ahh, não posso me esquecer… Uma outra vantagem é que o escritor é superacessível! Portanto, se você quer conhecer mais sobre o trabalho do autor, o Fernando tem uma página no Facebook e um perfil no Instagram em que você pode conversar com ele, encomendar seu livro (que certamente virá autografado) e, é claro, acompanhar os projetos do escritor para o futuro.

Mineiro, jornalista, escorpiano, leitor de boas histórias, amante de práticas saudáveis, apaixonado pela natureza e por boas vibrações.

6 Comment

  1. Adorei a resenha Bruno, parabéns! Queria escrever assim, de forma entendível. Fiquei com vontade de ler, parece muito bom.
    Quero emprestado.
    Sim?!
    Obrigada.

    1. Oi, Cah!
      Eu posso te emprestar o livro! Tenho certeza de que irá gostar.
      Beijão!!!

  2. Olá Bruno! Assim como você, também amo gênero policial, é muito bom aquela sensação de querer descobrir o mistério. Adorei sua resenha e que capa de livro maravilhosa!!!
    Beijinhos, Jenni.
    sinopsedoslivrosjenni.blogspot.com

    1. A capa do livro é realmente maravilhosa!
      Na primeira vez que eu a vi, fiquei curioso para saber sobre o que se tratava.
      Beijo!

  3. E como foi a conclusão do caso?

  4. Olá, Cristine!
    Como em muitos romances policiais, o principal suspeito, geralmente, é alguém que não imaginamos. Porém, no caso do livro Contagem dos Inocentes, o mais interessante é que autor usa de argumentos da psicologia para explicar os motivos do criminoso, que podem convencer o leitor ou não – assim como muitas explicações para os crimes que acontecem na vida real.
    Obrigado pela visita! 🙂

Deixe uma resposta