Em cena: opções para o feriado!

Amanhã é quinta-feira, dia de estreia nos cinemas brasileiros. Mas não é qualquer quinta-feira, não… É feriado! E são maravilhosos quatro dias de folga para assistir a muitos filmes, ler muitos livros e fazer muitos “nadas”. Ô delícia!

E, nesta semana, temos dois filmes baseados em livros chegando nas telonas. Veja só!

Tudo e todas as coisas

Li esse livro lá no comecinho do ano e, desde então, vivo ansiosa pelo filme. Aliás, já tem resenha dele aqui no blog! Já adianto que é uma leitura muito agradável, leve e rápida. E a protagonista é encantadora, porque, mesmo diante de todos os obstáculos que existem em seu caminho, ela se mostra forte e bem-humorada.

A história é sobre Madeline Whittier, uma jovem portadora de uma doença chamada Imunodeficiência Combinada Grave ou, resumidamente, IDCG. É também conhecida como “doença da criança na bolha”, porque é justamente isso que acontece: o paciente simplesmente não pode sair de casa. Qualquer contato com o mundo externo pode desencadear uma série de alergias e o resultado disso pode ser fatal. Então, aos 18 anos, as únicas pessoas com quem ela tem contato são sua mãe, que é médica, e Carla, sua enfermeira.

Tudo ia bem até que, um dia, uma família se muda para a casa ao lado. Entre os novos vizinhos está Oliver, um jovem com quem Madeline passa a conversar pela internet. No entanto, o que deveria ser apenas um passatempo ou uma simples amizade virtual cresce em proporções descontroladas e desperta em Madeline a vontade de viver, ainda que por pouco tempo.

Esse é o livro de estreia de Nicola Yoon, uma autora jamaicana que, atualmente, vive em Los Angeles com o marido e a filha. Seu segundo livro foi lançado no Brasil esse ano e se chama O sol também é uma estrela. Trata-se um romance entre dois jovens: Natasha, cuja família está prestes a ser deportada dos Estados Unidos para a Jamaica, e Daniel. Vou providenciar a leitura dele para já!

No livro Tudo e todas as coisas, Madeline é descrita como uma garota birracial, de origem africana e asiática. No longa, quem dá vida à protagonista é a atriz Amandla Stenberg, que interpretou Rue em Jogos Vorazes.

Já Olly é descrito no livro como um garoto careca, o que não vemos no filme. Mas isso é só um detalhe! O personagem é interpretado por Nick Robinson, que atuou em “A Quinta Onda” (2016) e fez o papel de Zach Mitchell em “Jurassic World” (2015). Veja o trailer:

Meus 15 anos

Também estreia amanhã o filme Meus 15 anos, que tem a atriz Larissa Manoela no papel da protagonista e conta com a participação especial da cantora Anitta. O longa é baseado no livro homônimo da autora Luiza Trigo, lançado em 2014. A obra conta a história de Bia, uma garota nerd, desastrada e apaixonada por cinema, que sonha com uma grandiosa festa de debutante.

A trama toda gira em torno da festa. Assim, entre a entrega dos convites e o desfecho da história, a autora apresenta a metida e invejosa Jéssica, que deseja acabar com o sonho de Bia; Thiago, o garoto mais bonito da escola e por quem Bia é tem uma paixão platônica; Bruno, o melhor amigo de Bia e com quem ela pode contar até para ser o príncipe da festa; e, claro, as melhores amigas Amanda, Roberta, Carol e Priscila, com quem Bia pode dividir suas expectativas e inseguranças até o grande dia.

No livro, a narrativa é alternativa entre os pontos de vista dos personagens, de modo que cada um possa contar um pouco de seus sonhos, desejos e decepções. E, ao longo da obra, é possível perceber o amadurecimento de cada um. A editora Rocco já até lançou uma nova edição do livro, com a capa do filme.

Esse filme promete atrair não só o público infantojuvenil, mas também muito adulto para os cinemas. Afinal, é fácil se identificar com muitas dessas experiências vividas durante a adolescência, não é mesmo?! Veja o trailer:

Agora não dá pra dizer que você não tem programa para o feriado, hein?! E, se for assistir, conta pra gente o que achou!

 

Taurina, jornalista, casada com o Xu e mãe de um poodle preto chamado Bruce (Wayne). Poderia viver eternamente de doces e livros.

4 Comment

  1. Só queria um cinema na minha cidade :(. Adorei o post, tenho que ler os livros da Nicola logo, antes de ter a a oportunidade de ver o filme.

    Beijos,
    Garota Perdida nos Livros

    1. Oi Letícia, por curiosidade: onde você mora? haha
      E sim, se não dá pra ir no cinema logo, aproveite os livros, que são maravilhosos, valem muito a pena!
      Obrigada pela visita!

  2. Adorei as indicações estou meio comedor do livro tudo e todas as coisas sou meio frouxa com histórias que o personagem tem uma doença grave prefiro lê livros de terror rs amei o post. Bjs
    aleituramagica.wordpress.com

  3. Oi Tha! Amei o post!
    Estou muito ansiosa pelo Tudo e Todas as coisas. Acabei o livro essa semana. Amei a escolha dos atores, mesmo sentindo algumas diferenças do livro.

    Acho que esse da Trigo vai estar lindo. Tenho o livro 2 mas não li ainda. Parece ser muito fofo.

    Beijinhos

    Resenhando por Marina

Deixe uma resposta