Em cena: Um limite entre nós

Chegou ontem aos cinemas brasileiros o filme Um limite entre nós, que traz em seu elenco a atriz Viola Davis, consagrada como a melhor atriz coadjuvante no Oscar 2017. O longa foi indicado, ainda, aos prêmios de Melhor Filme, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Ator para Denzel Washington.

O drama se passa nos anos 1950 e narra a história de Troy Maxson, vivido por Denzel Washington – também diretor da produção cinematográfica –; Rose, papel de Viola Davis; e do filho mais novo do casal, Cory, interpretado por Jovan Adepo.

Troy é um homem difícil, orgulhoso e acostumado a encarar o mundo com olhos de quem sempre espera por hostilidade. Assim, ele não consegue aceitar que seu filho Cory queira seguir a carreira de jogador de baseball – sonho que também já lhe pertenceu, mas acabou se tornando a raiz de suas maiores frustrações. Por mais que Rose, sua esposa, tente abrir os olhos do marido para lhe mostrar que o mundo já não é o mesmo de sua juventude, para Troy, negros como eles jamais serão aceitos – não importa quão bom você seja naquilo que faz.

Dos palcos para as telonas

A história de Um limite entre nós foi inspirada na peça de teatro Fences, escrita por August Wilson em 1983, sendo encenada pela primeira vez em 1987, na Broadway, e novamente em 2010, sempre fazendo muito sucesso entre o público e a crítica especializada. O que muitos não sabem é que o roteiro da peça também tem uma versão disponível em livro, com 176 páginas, lançado no Brasil no início deste ano pela Editora Única.

 

Mineiro, jornalista, escorpiano, leitor de boas histórias, amante de práticas saudáveis, apaixonado pela natureza e por boas vibrações.

Deixe uma resposta